TELE ATENDIMENTO

Quando devo trocar o meu colchão?

Passamos quase 1/3 da nossa vida dormindo, e precisamos de 8h de sono por dia no mínimo para uma termos uma vida saudável e com muita produtividade. Com isso, precisamos ter noites de sono bem proveitosas, e uma cama confortável é indispensável para isso. Com a correria do dia a dia, as vezes não nos atentamos a data de validade do nosso colchão, mas se você está com dores pelo corpo, insônia, e até mesmo com uma rinitealergica, pode ser um sinal que você está precisando providenciar um colchão novo.

Nesse artigo iremos te ajudar identificar os sinais que esse momento chegou:

1) Data de validade: Fabricantes orientam que os colchões de espuma devem ser trocados a cada 5 anos, já os de mola duram um pouco mais e podem chegar até 10 anos de durabilidade. Esse tempo pode variar de acordo com as características de cada produto, bem como sua preservação.

2) Pouca firmeza: esse é um dos principais indícios que o seu colchão precisa ser trocado, geralmente acontece quando o colchão está chegando ao prazo de validade, pode acontecer pelo desgaste natural do uso, seja porque as molas estão quebrando ou as espuma afundou.

3) Desconforto: Se você acorda com aquela dorzinha na coluna e indisposto, ou até mesmo está com insônia, talvez seja a hora de trocar de colchão. O sono é a hora do dia no qual recuperamos as energias e descansamos, e um colchão bom e de qualidade é essencial nessa hora.

4) Alergias: Talvez aquela rinite chata ou até mesmo sinusite pode ser resultado de um colchão velho. Quanto mais antigo for, mais ácaros vai ter no colchão, além disso, o excesso de suor, saliva e pele morta também causam o aparecimentos desses ácaros. Estudos comprovam que após 2 anos, seu colchão provavelmente acumula mais de 2 milhões de ácaros. Logo, depois de certo tempo de uso, é fundamental fazer essa troca.

5) Deformidade no colchão: Se você deita, levanta e o colchão não volta ao seu estado normal, significa que está perdendo as características originais, a estrutura da espuma começa a se quebrar, ficando mais mole, dando menos apoio ao seu corpo, e com isso não irá gerar o mesmo conforto de quando foi comprado.

Se você verificou algum desses problemas, é melhor verificar se está na hora de trocar de colchão. Assim, nunca mais terá noites mal dormidas prejudicando sua saúde.

Notícias relacionadas

Peaceful morning of calm beautiful young pregnant woman in bedroom. Happy joyful European female expecting her first child meditating at home, sitting on comfortable bed, keeping legs crossed

Travesseiro para gestante: qual é o melhor?

pexels-malidate-van-833046-1

Tudo o que você precisa saber sobre Protetor de Colchão

Cute little girl sleeps sweetly in a white cozy bed with a soft bear toy, the concept of children's rest and sleep

Guia da Higiene do Sono

Compartilhe este conteúdo:

Solicite nossa ligação: